SEGUIDORES

30 outubro 2014

CARTAS DE LEITORES DO GLOBO 30/10






ESTE FLAMENGO "MEDÍOCRE" ESTÁ UM COLÍRIO....DÁ GOSTO DE SE VER. (O GLOBO)




GENTE, PENA DE MORTE É FAXINA NECESSÁRIA (ESTADÃO)

FOI CONSIDERADO INIMPUTÁVEL
POR TER ESQUIZOFRENIA PARANOIDE...
ISSO QUER DIZER: LICENÇA PARA MATAR,
MAIS, MAIS, ATÉ ALGO ACONTECER...
E A SOCIEDADE COMO FICA?

A TROCA QUE NÃO HOUVE (O ESTADÃO)


29 outubro 2014

Santo Sudário O Manto Sagrado de Turim

The Pink Panther in "Lucky Pink"

CHICO BUARQUE - CONSTRUÇÃO

WALCYR CARRASCO (ÉPOCA)

Eu tenho medo

Parece história de humor negro. Não é. Aconteceu de verdade, é realmente um horror. Um 

amigo, médico dermatologista, foi fechado por um caminhão num dos acessos à Avenida 23 


de Maio, em São Paulo. O carro saiu da pista, despencou pela ribanceira e colidiu com 


arbustos, pedras, desníveis de terreno. Meu amigo bateu a cabeça, ensanguentou-se.


Primeiro horror: o caminhão fugiu. Sei que isso não surpreende ninguém. Nunca ouvi a 


história de um caminhão que parasse após provocar um acidente. Um funcionário meu recentemente foi fechado por um, em plena Via Dutra. Ele se machucou, o carro amassado

 em toda a lateral. O caminhoneiro acelerou, para se ver livre da responsabilidade. A história começa com esse horror com que me acostumei: caminhões não param nem para ver se a 
gente está vivo. Ainda dentro do carro, sangrando, meu amigo médico pegou o celular para pedir socorro. Estava sem bateria. Um Gol parou. Dois rapazes desceram e ofereceram ajuda. Auxiliaram-no a subir a rampa até uma empresa, cujo segurança, finalmente, chamou a polícia. O acidentado voltou para o carro. As duas “almas bondosas” haviam roubado tudo o que ele tinha. Sim, os rapazes do Gol levaram celular, carteira, cartões de crédito, bolsa. Tudo. E fugiram. É um segundo horror, que superdimensiona o outro. O pior é a conclusão do médico:


– Ainda bem que eu estava sem bateria e não fiquei no carro. E que não cheguei quando roubavam. Aí, teriam acabado comigo.

Verdade absoluta. Teria sido fácil, para roubar, acabar com o médico ensanguentado. Nem deixariam pistas, tudo seria debitado ao acidente.

Esse acontecimento me provoca um pavor profundo. Estou ficando velho. Sou de um tempo em que mesmo adolescente, às vezes, quando saía, amanhecia no ponto de ônibus esperando o primeiro da minha linha. Quantas vezes amigos e eu passamos o final da madrugada no banco de uma praça, batendo papo até o ônibus chegar? Também sou de um tempo em que, para viajar, ia para a estrada e pegava carona. Era fácil, sempre havia um carro que parava. De carona em carona, eu chegava ao meu destino. Nem sabia o que era pegar ônibus para viajar. Avião, menos ainda. Hoje, eu mesmo não paro quando alguém me pede carona. Tenho medo. Mesmo porque são inúmeros os casos em que a generosidade é recompensada com assaltos e agressões. Até assassinatos.

Assaltos sempre aconteceram. Psicopatas existem. O que me apavora é essa sensação disseminada de vale-tudo na nossa sociedade. Comecei a contar a história do médico a três outros amigos. Todos, antes de eu terminar, disseram:


– Aposto que os caras do Gol tinham roubado tudo.


A completa falta de ética já é esperada, tida como normal. É intrínseca à sociedade nacional. Não posso falar por todos os países do mundo. Costumo viajar, andar à noite pelas ruas, eventualmente ser ajudado por desconhecidos. Esse descaso com o outro, só vejo mesmo por aqui. Um ator conhecido certa vez viu uma mulher atropelada na rua, abandonada pelo autor do acidente. Botou no seu próprio carro e levou ao hospital. Não deu outra: mais tarde a dita-cuja o acusou de ser responsável pelo atropelamento. Exigiu indenização. Em vez de agradecer, deu um golpe. Soube também de donos de automóveis que instalam câmeras em seus veículos, porque há gente que se atira na frente, para mais tarde processar. A gravação serve para provar a má intenção da “vítima”. Resultado: se atropelar alguém, óbvio, socorrerei. Mas terei medo de pôr no meu carro alguém que encontre ferido, atropelado, precisando de ajuda, porque tudo pode se voltar contra mim.


Aí meu medo aumenta. Já não é mais relacionado a ser assaltado, sofrer alguma violência. É o que o medo do medo faz comigo, interiormente. Me sinto uma pessoa muito menos disposta a ser generosa. Sempre estranhei as recomendações do seguro: no caso de problema com o carro, chamar o socorro e ficar distante do veículo, até sua chegada. Depois do episódio com o médico, entendo. O ferido está mais exposto. Nem falo das mulheres assassinadas só por esboçar um gesto de defesa quando querem roubar suas bolsas. Só isso daria um livro.


O amor ao próximo, o sentimento pelo outro, foi eliminado de nossas relações sociais. Resta o medo, o mesmo que sinto dentro de mim. Não só do que me assusta. Mas que me transforma em alguém pior do que eu queria ser

JANOT E OS DESEMBARGADORES DA BAHIA (FOLHA DE SP)

Frederico Vasconcelos

Interesse Público

PerfilFrederico Vasconcelos é repórter especial da Folha
PERFIL COMPLETO

Janot é favorável ao afastamento de desembargadores do TJ da Bahia

POR FREDERICO VASCONCELOS
29/10/14  12:21
Ouvir o texto

- Em parecer, Procurador-Geral opina pela denegação de mandado de segurança impetrado pelos magistrados.

- Em julho, Lewandowski determinou o retorno de Mário Hirs e Telma Britto ao Tribunal de Justiça da Bahia.

Janot, Hirs, Telma e Barroso
O Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, enviou ao Supremo Tribunal Federal parecer em que opina pela rejeição de mandado de segurança impetrado pelos desembargadores Mário Alberto Simões Hirs e Telma Laura Silva Britto contra a decisão do Conselho Nacional de Justiça que, em novembro de 2013, instaurou processo administrativo disciplinar e determinou o afastamento cautelar das suas funções.
Os dois desembargadores são ex-presidentes do Tribunal de Justiça da Bahia. O CNJ apura a suspeita de pagamento de precatórios inflados.
A manifestação de Janot foi juntada no último dia 22 ao mandado de segurança nº 32.567.
Em dezembro de 2013, o relator, ministro Roberto Barroso, havia indeferido pedido de liminar em que os dois magistrados requeriam a suspensão da decisão do CNJ que os afastou de suas funções e do trâmite do processo disciplinar.
Barroso sustentou que o interesse público justifica, “em situações potencialmente graves, o afastamento preventivo das autoridades investigadas”. O relator constatou “um quadro de possível apropriação sistemática das funções públicas para a promoção indevida de interesses particulares, em detrimento do Erário e, em última instância, de toda a sociedade”.
Em julho deste ano, durante o recesso do Judiciário, o ministro Ricardo Lewandowski, atuando como presidente interino do STF, suspendeu o afastamento de Mário Hirs e Telma Britto, por entender que a demora no julgamento do processo administrativo no CNJ representaria uma antecipação indevida da punição.
A suspensão foi determinada por Lewandowski “sem prejuízo do regular prosseguimento do Processo Administrativo Disciplinar no âmbito do CNJ e de melhor exame da questão pelo eminente relator sorteado” [ministro Barroso.
O mandado de segurança de Telma Britto (MS 33.061) foi protocolado no dia 1º de julho, no último dia do expediente forense; o de Mário Hirs (MS 33.080) foi autuado em 16 de julho.
Em agosto último, Barroso determinou a tramitação conjunta dos mandados de segurança 32.567 e 33.080, tendo determinado que o CNJ esclarecesse a razão da demora e a perspectiva de julgamento do processo administrativo disciplinar.
Em seu parecer, Janot sustenta que o CNJ possui independência decisória e que a interferência do Poder Judiciário somente ocorre quando o órgão extrapola os limites da legalidade e razoabilidade.
“O Conselho Nacional de Justiça, além de ter apontado de maneira concreta e específica as irregularidades supostamente cometidas pelos impetrantes, manteve-se dentro dos limites de suas atribuições”, afirma Janot.
“Importa destacar que a potencial gravidade dos fatos investigados, os quais envolvem quantias financeiras milionárias, justifica a instauração de processo administrativo disciplinar contra os impetrantes, assim como o afastamento de suas funções, tendo o CNJ observado os limites de suas atribuições constitucionais sem ofensa aos princípios da legalidade, do contraditório, da ampla defesa e do due process of law“, conclui a manifestação da Procuradoria-Geral da República pela denegação da segurança.

MATEUS SOLANO É ELOGIADO POR MATTHEWS McCONAUGHEY (FOLHA SP)

A FALSA PUDICICIA DE UM IMBECIL ANÔNIMO..(THE TELEGRAPH)

VEJAM A QUE PONTO CHEGOU A IMBECILIDADE HUMANA...

Facebook removes mother's breastfeeding photo

Shropshire mother's photograph showing her breastfeeding her premature baby for the first time is removed by Facebook after complaint about 'offensive' nudity

Emma Bond and her new born baby Carene
Emma Bond and her new born baby Carene Photo: Newsteam
A picture showing a new mother breastfeeding her premature baby for the first time was removed by Facebook after a user complained it contained "offensive" nudity.
Scroll down to see the actual photograph
Emma Bond, 24, said she wanted to share the image of the "special moment" with Carene, who was born 12 weeks early.
Miss Bond had been told her daughter was unlikely to survive more than three days when she was born prematurely on October 3 weighing just 2lbs 2oz.
But she defied expectations and Miss Bond was able to breastfeed her for the first time on Sunday, prompting her to share the image with family and friends, who had followed her progress.
She then uploaded it to a pro-breastfeeding website, where it attracted 166,000 likes. However users who then tried to share it on their own Facebook profiles found the link was deleted following a complaint from an anonymous user who reported it as "offensive".
Miss Bond said she was "upset" by Facebook's decision to remove the photo.
“It is something very natural and special and should be promoted,” she said. “Carene was born by emergency Caesarean section.
"We were told to get the priest in, she wasn't meant to last past her third day.
"It was the first time she had breastfed so there was a reason for me posting that particular picture.
"It was a magical moment and to have it removed the same day for breaching nudity policies was really rubbing salts in the wounds.
"The picture represents more than just me breastfeeding my newborn baby. Carene is very poorly and we fought very hard to get to this point."

RICARDO NOBLAT (O GLOBO)

Mara Bergamaschi
TEXTO: MARA BERGAMASHI


ELIO GASPARI (O GLOBO) : A MANEIRA PETISTA DE CONCILIAR




LEIAM ESTA ANÁLISE PERFEITA DO ANTERO... (O ESTADÃO)




UMA SUGESTÃO: OFERECER À ITÁLIA O COPACABANA PÁLACE PARA OS DOIS...(ESTADÃO)

..E EU VOTO....

DORA KRAMER: "NÃO TEM REFRESCO" (O ESTADÃO)


ISTO É MUITO IMPORTANTE PARA TODOS NÓS (O ESTADÃO)


28 outubro 2014

BOM APETITE...

UM BOM SANDUÍCHE NASCE  ASSIM...

QUEM V. ACHA QUE TEM RAZÃO?...(O GLOBO)



Hulk rebate jornalista após críticas ao Nordeste: 'ignorância e arrogância

O atacante Hulk postou mensagem nas redes sociais rebatendo o jornalista Diogo Mainardi, que fez críticas ao Nordeste durante o programa Manhattan Connection, daGlobo News.



Paraibano, o jogador do Zenit, da Russia, chamou o jornalista de arrogante e ignorante. Mainardi fez duras críticas ao povo nordestino em virtude da grande votação de Dilma Rousseff na região.
"Morando tanto tempo fora do Brasil, o jornalista Diogo Mainardi não demonstra conhecimento pela importância do Nordeste ao País e principalmente respeito com a população nordestina. Já que ele fala também de cultura, será que ele sabe a importância destes homens para o Brasil: Graciliano Ramos, Rui Barbosa, Glauber Rocha, Jorge Amado, Suassuna, Renato Aragão, Caetano Veloso, Gilberto Gil, José Wilker e Chico Anísio. Cito 10 importantes nomes nascidos no Nordeste em vários períodos que contribuíram para a evolução do Brasil. São escritores, poetas, pensadores, atores e compositores que ajudaram e são referências do Brasil no exterior. Infelizmente o Mainardi demostra ignorância e arrogância quando crítica o Nordeste. Nossa população tem dificuldades e luta com humildade para melhorar sua condição de vida. As maiores dificuldades foram impostas pelos diversos Governos ao longo dos anos. Mainardi, respeite o Nordeste!", escreveu Hulk.
Mainardi, entre outras coisas, comentou na Globo News que o Nordeste é uma região atrasada e pouco instruída. O jornalista atribuiu a vitória de Dilma aos votos de nordestinos que, segundo ele, são "bovinos". 
"Essa eleição é a prova que o Brasil ficou no passado. Não é Bolsa Família, não é 'marquetagem'. O Nordeste sempre foi retrógrado, sempre foi governista, sempre foi bovino, sempre foi subalterno em relação ao poder, na ditadura militar, depois com o reinado do PFL, e agora com o PT. É uma região atrasada, pouco educada, pouco instruída que tem grande dificuldade em se modernizar", disse Mainardi.
A candidata do PT teve 51,6% dos votos válidos, à frente de Aécio Neves, do PSDB, com 48,4%. Entre os eleitores do Nordeste, Dilma teve 72% dos votos válidos.

GRANDE NOTÍCIA (O GLOBO) COLUNA DO ANCELMO GÓIS


CHICO, SEMPRE OPORTUNO E ACORDADO...(O GLOBO)


RENATO MAURÍCIO PRADO E OS SALÁRIOS DOS TREINADORES DE FUTEBOL (O GLOBO)


O IMPIEDOSO TUTTY VASQUES (ESTADÃO)


VAI SER LANÇADO, SEM TEXTOS, LIVRO SOBRE A VIDA DE RC EM FOTOS (ESTADÃO)


DEMOCRACIA NO BRASIL? ENQUANTO ISTO NO URUGUAI (ESTADÃO)


CARTAS LEITORES ESTADÃO 28/10