SEGUIDORES

17 abril 2014

NEM GROUXO MARX IMAGINARIA ESTA PIADA...KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK



....enquanto os presidiários ganham bolsa prisão e cuidados especiais...fala sério!!!

VEJA NO PORTAL DA UOL ESTA INTERESSANTE E LONGA ENTREVISTA


“Não estamos em um teatro pra acertarmos previamente decisões, e depois colocarmos a capa para proclamar”, diz ele, em entrevista, na qual criticou o resultado do novo julgamento do mensalão e a postura dos jovens nos protestos de junho e disse que o Supremo está mais “progressista e arejado”

“TV Justiça só é responsável pelo bom penteado das colegas do sexo feminino”, diz ministro
Há 24 anos no Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Marco Aurélio Mellonunca teve receio de ficar sozinho nos julgamentos. Não foram poucas as vezes em que suas posições foram derrotadas pela maioria da corte. Por causa disso, ganhou até o apelido de “ministro do voto vencido”, aquele que se opõe à posição da maioria. Nada que o abale. Aos 67 anos, não tem pressa. Faltando três anos para se aposentar, ele critica a postura de alguns colegas da corte.
Segundo Marco Aurélio, hoje os ministros do STF trocam votos entre si antes do início das sessões. “Os colegas agora resolveram, para ter uma votação em plenário praticamente simbólica, distribuir e trocar os votos”, afirmou ele, em entrevista exclusiva ao Congresso em Foco. “Hoje um colega disse que não recebe. Eu também não recebo para proferi-lo”, continuou.
Ele criticou o que chamou de tentativa de acerto prévio das decisões. “Não estamos em um teatro pra acertarmos previamente decisões, e depois colocarmos a capa para proclamar a decisão”, disparou Marco Aurélio. “Aqui vinga a publicidade”, disse.
Na segunda parte da entrevista ao site, o ministro diz que a população não concorda com o novo julgamento do mensalão, que reduziu a pena dos condenados e permitiu que eles trabalhem durente o dia e volte para o presídio à noite. “Quando viajo, nos aeroportos, os cidadãos comuns vêm até a mim pra dizer: mas como? Estão revendo tudo? Erraram anteriormente?”, explicou Marco Aurélio.
Ele ainda criticou os jovens que protestaram em junho do ano passado contra a corrupção e por melhores condições sociais –“Que se tenha um protesto nas urnas. Ao invés do ‘Vem pra rua’, diga: ‘Vem pra urna’” –, reclama do aumento de processos no Supremo – “Estou praticamente trabalhando de graça” –, diz que o Supremo é “mais progressista e arejado” e que a TV Justiça não influencia na postura dos ministros, com exceção dos penteados e do nó das gravatas dos magistrados no plenário.

http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/marco-aurelio-critica-%E2%80%9Ctroca-de-votos%E2%80%9D-de-ministros-no-stf/



ATENÇÃO APOSENTADOS E NÃO APOSENTADOS





















Prezados Amigos...
Esta notícia tem como objetivo denunciar aos APOSENTADOS E NÃO APOSENTADOS desse país, da inconstitucionalidade criada pelo governo do PSDB (Fernando Henrique) e mantida pelo governo do PT (Lula e Dilma) com a criação do FATOR PREVIDENCIÁRIO. 
Esse Fator Previdenciário tem como finalidade reduzir o salário dos segurados da Previdência Social após 35 anos de contribuição para HOMENS e 30 anos para as MULHERES.
A Constituição Brasileira de 1988 exige que o segurado, após contribuir pelo teto máximo por toda vida tenha direito a, no mínimo, a receber após o pedido de aposentadoria 10 (dez) SALÁRIOS MÍNIMOS nos dias atuais (lembrando que várias pessoas, inclusive eu, tenhamos contribuído pelo teto de 20 salários por muitos anos).
Portanto, faz-se necessário, que esse e-mail seja divulgado por todos os seus contatos do Correio Eletrônico, com o objetivo de tornar público, bem como inviabilizar a recondução de todos os parlamentares do Congresso Nacional e Senado Federal, que vêm lutando pela manutenção desse cálculo injusto. Cabe aqui lembrar que esse a retirada do FATOR PREVIDENCIÁRIO do Cálculo da Aposentadoria está para ser votada desde 2008 pela Câmara dos Deputados, e até os dias de hoje não foi.
A página do Facebook que está sendo administrada por mim e por mais alguns amigos (que também estão divulgando nas redes sociais e nos seus contatos do correio eletrônico) está no link abaixo. É necessário, que além de "CURTIR" seja, também, "COMPARTILHADA" por todos vocês no FACEBOOK. 
É oportuno mencionar que os NÃO APOSENTADOS DE HOJE SERÃO OS APOSENTADOS DE AMANHÃ.
As redes sociais e internet têm dado bastante retorno nas lutas por causas justas. E, tenho a certeza, que todos vocês têm consciência que essa é uma delas.
Não basta pensar em lutar por essa causa. Temos de ter a "CERTEZA" de que ela nós iremos vencer. No ano de eleições estamos lutando por uma causa justa, ou seja, o fim do FATOR PREVIDENCIÁRIO e melhores salários para os APOSENTADOS. Aliás nenhum dos candidatos a Presidência da República, até o momento, se pronunciou a respeito.
Mas lembrem-se: "APOSENTADO É CIDADÃO E APOSENTADO, TAMBÉM VOTA".
CONTO COM VOCÊS, APOSENTADO OU NÃO, PARA DIVULGAÇÃO DESSA LUTA.
Abraço a todos
Eduardo Amazonas Pontual

Segue, abaixo, o link da página 'APOSENTADO É CIDADÃO" no Facebook.


Transcrevo a seguir o parecer do Juiz Marcus Orione Gonçalves Correia sobre a inconstitucionalidade do FATOR PREVIDECIÁRIO:

Fator Previdenciário é inconstitucional, decide juiz federal

 

O juiz federal Marcus Orione Gonçalves Correia, da 1ª Vara Federal Previdenciária de São Paulo, considerou o fator previdenciário inconstitucional em ação movida por um segurado contra o INSS. Ele afirma que o fator previdenciário, além de ser complexo e de difícil compreensão para o segurado, é inconstitucional por introduzir elementos de cálculo que influem no próprio direito ao benefício.
Para ele, o fator concebe, por via oblíqua, limitações distintas das externadas nos requisitos impostos constitucionalmente para a obtenção, em especial, da aposentadoria por tempo de contribuição. O juiz afirma, ainda, que não há qualquer previsão de elementos como a expectativa de vida para que o benefício seja concedido. Portanto, a Lei Ordinária 9.876/99 acrescentou, para fins da obtenção do valor do benefício, requisitos que, ainda que indiretamente, dificultam o acesso ao próprio direito ao benefício.
Marcus Orione entende que uma coisa é requisito para a obtenção do benefício que continuaria a ser apenas o tempo de contribuição e outra, totalmente adversa, é o cálculo do seu valor inicial. Ora, o raciocínio é falacioso: somente é possível se obter o benefício a partir da utilização dos elementos indispensáveis para o cálculo da renda mensal inicial. Assim, utilizando-se para a obtenção desta de elementos não permitidos pela Constituição, obviamente que violado se encontra o próprio direito ao benefício em si.
Por fim, o juiz julgou procedente o pedido e determinou que o INSS promova o recálculo da renda mensal inicial do benefício da parte autora sem a incidência do fator previdenciário.
Por meio de nota pública, os defensores públicos federais, Eduardo Levin e Roberto Funchal Filho, manifestaram apoio a decisão do juiz Marcus Orione. A existência do Fator Previdenciário é inconcebível em face do sistema previdenciário vigente, que dificulta ou, por vezes, impede o segurado de receber um benefício previdenciário em valor adequado as suas necessidades vitais, em notório desrespeito ao Princípio da Vedação de Retrocesso, diz a nota.
A existência do Fator Previdenciário é inconcebível em face do sistema previdenciário vigente, que dificulta ou, por vezes, impede o segurado de receber um benefício previdenciário em valor adequado as suas necessidades vitais, em notório desrespeito ao Princípio da Vedação de Retrocesso. O insigne magistrado demonstrou em sua respeitável decisão o quão ilógica é a manutenção do sistema de Fator Previdenciário, apontando em minúcias a inconstitucionalidade do dispositivo.

DICAS DO JAIRO BOUER (UOL)

Energético com álcool age como droga? Jairo Bouer responde
4

Do UOL
Em São Paulo

Jairo Bouer tira dúvidas de internautas - 4 vídeos

Consumir álcool com energético faz mal? Esse tipo de bebida age como droga no organismo? A dúvida, de um internauta do UOL, é o tema que abre o @saúde com Jairo Bouer desta semana. Alguns especialistas têm alertado para os riscos de quem consome esse tipo de mistura.
Jairo explica que o energético tem muita cafeína e, por ser doce, melhora o sabor da bebida. "O primeiro risco da combinação seria este: a bebida fica mais agradável, mais gostosa, e a pessoa tende a beber mais", comenta. 
Getty Images
Estudos têm associado o uso exagerado de energéticos a comportamentos de risco
O médico também explica que o consumo exagerado de energético tem sido associado, em estudo, a comportamentos de risco como fumar e usar outras drogas. 
A segunda pergunta respondida é sobre sexo. O internauta explica que tem dificuldades na hora de penetrar e a demora acaba fazendo com que a parceira e ele próprio percam o tesão. Segundo Jairo, o problema pode ser pela falta de lubrificação. Tentar usar um produto à base de água e pedir que a parceira ajude na hora de penetrar são conselhos que ele dá.
A terceira dúvida é sobre a camisinha. Uma internauta conta que teve candidíase e que, depois de ter relações com preservativo, o problema volta. Ela quer saber se isso pode ser um sinal de alergia ao látex. 
"Algumas garotas têm alergia ao látex ou a algumas das substâncias que estão no lubrificante", confirma Jairo. O primeiro passo, nesse caso, é tentar usar uma camisinha mais seca acompanhada de um lubrificante à base de água. Se não resolver, vale a pena tentar a camisinha feminina, que é feita de poliuretano.
O colunista explica que a alergia pode causar uma inflamação na parede da vagina, aumentando a exposição a bactérias e fungos. Ele lembra que toda vez que se um dos parceiros tem candidíase é preciso que o casal se trate. 

GABRIEL GARCIA MARQUEZ NOS DEIXOU.

Estamos todos muito tristes com a morte do jornalista e escritor Gabriel García Márquez. Considerado um dos autores mais importantes do século 20 e premiado com o Nobel de Literatura, o colombiano destacou-se também como ativista e político. O pai do “realismo mágico”, García Márquez firmou-se como grande defensor dos direitos humanos e da democracia.
A literatura se despede de um de seus maiores gênios, enquanto a América Latina perde um de seus mais importantes pensadores, mas cuja obra certamente será imortal.



GRAÇAS A DEUS....LIMPA É SEMPRE BENVINDA...

'Limpa' no Fla começa com saída de astro milionário e empréstimo de jovens

Vinicius Castro
Do UOL, no Rio de Janeiro
Ampliar

Mercado: Veja quem seu time quer contratar37 fotos

6 / 37
Carlos Eduardo (meia) - Flamengo para Rubin Kazan (oficial) - Contratado com status de craque, o meia não se adaptou na Gávea e deixa o Flamengo sem deixar saudades nos torcedores Leia mais A. Vidal/Fla Imagem

VEJA TAMBÉM

O Flamengo iniciou a reformulação no elenco para a disputa do Campeonato Brasileiro. Após comemorar a conquista do título estadual, a diretoria definiu que jovens não aproveitados serão emprestados e o grupo terá uma redução de pelo menos sete atletas. A "limpa" começou na decisão de devolver Carlos Eduardo ao Rubin Kazan-RUS. O meia e seu salário milionário não interessam mais ao Rubro-negro.
O camisa 20 tem contrato até o dia 30 de junho, mas pode se despedir antes disso. Com sua saída, o Flamengo economiza um valor superior a R$ 500 mil mensais. O meia era visto como principal esperança pelo status de astro no início do ano passado, porém, jamais justificou a quantia total de R$ 9,3 milhões gasta pelo Flamengo em salários até junho próximo.
O espaço na folha será importante para que o clube respire financeiramente após a eliminação e perda de até R$ 10 milhões em receitas da Copa Libertadores. Na última terça-feira, o zagueiro Welinton deixou o clube e foi emprestado por um ano ao Coritiba. González já havia rescindido o contrato e acertado com Unión Española-CHI.
O trabalho continua e o objetivo dos dirigentes é que o plantel sofra as modificações necessárias o mais breve possível. Pelo menos mais cinco atletas devem ser negociados. A preferência da cúpula de futebol é a de emprestar jovens valores para que os mesmos ganhem "bagagem" e retornem em melhores condições ao Flamengo.
A meta é transferir apenas quem não tem sido aproveitado. No entanto, qualquer oferta será analisada pela diretoria. O zagueiro Fernando, o lateral Digão, o volante Recife, o meia Rodolfo e o atacante Igor Sartori são nomes estudados pelos dirigentes na lista de empréstimo e troca.
Por outro lado, o Flamengo ainda sonha com um nome de peso para o restante da temporada. A administração Bandeira de Mello descarta fazer loucuras, mas considera fundamental a chegada de um reforço relevante para manter a mobilização da torcida e ajudar o time a brigar por títulos no segundo semestre.
Ampliar

Final do Carioca: Flamengo x Vasco33 fotos

18 / 33
Jayme de Oliveira e Adílson Batista orientam seus times à beira do gramado Leia maisJulio Cesar Guimaraes/UOL