SEGUIDORES

22 novembro 2014

AH, SE ELE TIVESSE FICADO FAMOSO COMO PINTOR!... (UOL)


ESTE PAPA É DEMAIS... (UOL / FOLHA SP)


RETROSPECTANDO NOSSA POLÍTICA...

UMA PRECIOSIDADE HISTÓRICA (O GLOBO)

A FOTO, DA AERONÁUTICA, É MUITO GRANDE,
FEITA EM 1943. NÃO DÁ PARA REPRODUZIR
AQUI EM SEUS DETALHES. VOCÊS VÊM
COPACABANA JÁ CHEIA DE EDIFÍCIOS, NO EXTREMO ESQUERDO EMBAIXO O ARPOADOR,
MUITO CANTADO EM PROSA E VERSO,
IPANEMA COM MUITAS CONSTRUÇÕES E POUCOS EDIFÍCIOS BAIXOS E LEBLON UMA
ÁREA AINDA MUITO POUCO POVOADA...

VIVA O PROGRESSO, SEMPRE!... (GOOGLE)

MEU DEUS! QUANDO A GENTE LEMBRA QUE AS PRIMEIRAS TELEVISÕES
ERAM VERDADEIROS TRAMBOLHOS COMO ESTE... 

ESTAMOS CERTOS OU ERRADOS? (O GLOBO)

O QUE É QUE ESTÁ ACONTECENDO NESTE BRASIL?  PRESO E
CONDENADO É PRESO E
CONDENADO A FICAR PRESO,
ATÉ O FINAL DA PENA!

AS CASAS DE HOJE NA FAVELA SÃO DISPUTADAS PELOS TURISTAS... (O GLOBO)

ESTA É UMA CASA DE FAVELA, RIO DE JANEIRO,
 ANOS 60....
E HOJE? MUDARIA O NATAL
OU MUDAMOS NÓS?...



NISTO TODOS CONCORDAMOS, MAS COM TRELA NA MÃO... (O GLOBO)



A COLUNA DO MORENO (O GLOBO)




OUTRA PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR... (O GLOBO)


UMA PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR (O GLOBO)

DO JEITO QUE AS COISAS VÃO...
PRA QUÊ ROUPAS?
VIRAREMOS TODOS ÍNDIOS?
PORQUÊ DE TANGA
JÁ ESTAMOS TODOS...

FICA CENI, AINDA ÉS UM GRANDE GOLEIRO... (O ESTADÃO)


CUIDADO COM O ANDOR....O SANTO É DE LAMA (O ESTADÃO)




CARTAS LEITORES ESTADÃO 22/11




21 novembro 2014

ANTERO GRECO (O ESTADÃO)




MORRE A DUQUESA DE ALBA, AOS 88 ANOS (VEJA)

Morre a duquesa de Alba, a mulher com mais títulos no mundo

Cayetana Fitz-James Stuart morreu aos 88 anos, em seu palácio em Sevilha

A duquesa de Alba, Cayetana Fitz-James Stuart e Silva, durante o lançamento de sua biografia, em fevereiro de 2012
A duquesa de Alba, Cayetana Fitz-James Stuart e Silva, durante o lançamento de sua biografia, em fevereiro de 2012(Hugo Correia/Reuters)
María del Rosario Cayetana Alfonsa Victoria Eugenia Francisca Fitz-James Stuart y Silva, a duquesa de Alba, morreu nesta quinta-feira, aos 88 anos de idade, cercada pela família no palácio de Dueñas, em Sevilha. Ela havia sido hospitalizada no domingo por pneumonia. Na terça, “por desejo expresso da paciente”, de acordo com o hospital, ela foi transferida para sua residência.
A nobre com mais títulos, 46, era uma das personagens favoritas da imprensa espanhola, que organizou uma grande cobertura em 2011, quando a aristocrata excêntrica, conhecida por seus cabelos brancos encaracolados, pelas plásticas malsucedidas e por sua espontaneidade,casou-se pela terceira vez com um funcionário público 25 anos mais jovem. Os filhos eram contra o casamento e, para poder contrair matrimônio em paz, a duquesa resolveu doar aos herdeiros seus bens: palácios, obras de Goya, Velásquez e Rubens, imensas propriedades rurais.
Sua fortuna é estimada em bilhões de euros. “Eu não gosto de falar sobre dinheiro. Muitas pessoas confundem ter dinheiro com ter ativos – nós nunca tivemos um monte de dinheiro”, ela escreveu em sua autobiografia. Muitas de suas propriedades pertencem à Casa de Alba e possuem restrições à venda devido à importância histórica para a Espanha.
Seu filho mais velho, Carlos Martínez de Irujo, duque de Huesca, será o próximo chefe da Casa de Alba, fundada no século XV e uma das famílias mais ilustres da Espanha, mas os títulos da duquesa deverão ser distribuídos entre seus herdeiros.
Resultado de uma combinação complexa de casamentos entre os seus antepassados em toda a Europa ao longo das décadas, Cayetana guardava cinco títulos de duquesa, um de condessa-duquesa, dezoito de marquesa, dezoito de condessa e mais um de viscondessa.(Continue lendo o texto)
Javier Diaz/ReutersA duquesa de Alba, Cayetana Fitz-James Stuart, dança flamenco ao lado do marido Alfonso Díez, no dia do casamento, 5 de outubro de 2011
A duquesa de Alba, Cayetana Fitz-James Stuart, dança flamenco ao lado do marido Alfonso Díez, no dia do casamento, 5 de outubro de 2011

Nascida em 1926 em um palácio neoclássico em Madri, ela passou a maior parte da infância em Londres no período em que seu pai foi embaixador. Na capital britânica, ela jantou com Winston Churchill e brincou com a princesa Margaret. Seu primeiro casamento, aos 21 anos de idade foi com o aristocrata Luis Martinez de Irujo, em uma cerimônia que chegou a rivalizar em escala a união da princesa Elizabeth, no final do mesmo ano de 1947. O casal teve seis filhos.

Em 1953, com a morte de seu pai, ela se tornou a XVIII duquesa de Alba e a terceira mulher a ostentar este título em mais de 500 anos de história, além de herdar os demais títulos da família, entre eles, o ducado de Berwick, de origem escocesa. Seu segundo marido, o ex-padre católico Jesus Aguirre Ortiz de Zárate, morreu em 2001.
Cayetana tornou-se uma figura badalada na Espanha, recebendo Audrey Hepburn e Jackie Kennedy em suas visitas ao país e transformando seu palácio em Madri em palco para um desfile do estilista Yves Saint Laurent em 1959. Amante de touradas e flamenco, ela várias vezes teve lugar de honra em touradas de Sevilha, e costumava acompanhar as lutas usando uma tradicional mantilha.
Apesar de ter ficado um pouco longe dos holofotes nos últimos meses, devido aos problemas de saúde, sua imagem recente mais marcante foi quando ela dançou flamenco em seu casamento com Alfonso Díez.
(Com agências France-Presse, Reuters e EFE)

Y EN EL PAIS HERMANO... (VEJA)

Justiça ordena operação de busca e apreensão em empresa de Cristina Kirchner 

Deputada da oposição denunciou irregularidades no funcionamento da Hotesur, que administra um hotel da família da presidente

Cristina Kirchner
Cristina Kirchner (Reprodução/VEJA)
A Justiça argentina emitiu nesta quinta-feira um mandado de busca e apreensão na sede da empresa Hotesur, que tem como sócia a presidente do país, Cristina Kirchner, segundo o jornal Clarín. A firma é responsável por administrar um hotel de propriedade da família Kirchner, o Alto Calafate, que fica na província de Santa Cruz, berço político de Cristina e de Néstor Kirchner. A investigação é conduzida pelo promotor Carlos Stornelli e apura suspeitas de improbidade administrativa, lavagem de dinheiro e abuso de autoridade a partir de um denúncia feita há dez dias por uma deputada federal da oposição, Margarita Stolbizer. 
Em uma entrevista para um canal de TV, Margarita Stolbizer disse que "todos sabem que os cassinos e os hotéis são as operações mais fáceis para encobrir lavagem de dinheiro" e que o empresário Lázaro Báez, próximo da família Kirchner, vem usando a empresa para atividades suspeitas, pagando adiantado milhares de diárias no Alto Calafate que muitas vezes não parecem ser usadas por nenhum hóspede. Há anos a imprensa argentina denuncia suspeitas sobre o funcionamento do luxuoso Alto Calafate, cujo investimento não parece se justificar e que registra faturamento acima da média mesmo em épocas de baixa temporada. A família Kirchner possui outros dois hotéis na região – e está construindo outro.
Oficialmente, a sede da Hotesur fica em Buenos Aires, mas segundo a imprensa argentina, o local está vazio há anos. O fato foi apontado como uma das irregularidades para justificar a abertura da investigação. Além disso, Stolbizer apontou que a empresa não divulga balanços ou informações sobre sua reorganização societária desde 2011 e não vem pagando taxas obrigatórias para a Inspección General de Justicia (IGJ), órgão responsável pelo registro de empresas na região da capital argentina. Na tarde desta quinta-feira, a Receita Federal divulgou nota afirmando que está entregando informações sobre a empresa para o juiz Claudio Bonadio, que preside a investigação.

QUEM VOCÊ APOIA?


UMA BOA LIÇÃO SEMPRE É BENVINDA...




TREMENDA DÚVIDA...

NÃO SEI SE PROCURO UM CIRURGIÃO
PLÁSTICO OU UM BOM TÉCNICO EM GPS...

RENATO MAURÍCIO PRADO (O GLOBO)




QUE ESTE BOM GOLEIRO ESTEJA CERTO... (O GLOBO)


MORRE EM ESPANHA A MULHER MAIS RICA DO PAÍS, 88 ANOS



LUIZ GARCIA (O GLOBO)



NELSON MOTTA (O GLOBO)


CARTAS LEITORES O GLOBO (21/11)






PALAVRAS DE GILMAR MENDES, MIN. DO STF (O GLOBO)




20 novembro 2014